Projeto Personas Femininas

Apoie essa causa!

A Sépha acredita em projetos em prol da comunidade. Por isso hoje vamos te contar tudo sobre o Projeto Personas Femininas.

Todos assumimos personas sociais para conviver nos diferentes espaços que fazem parte de nosso cotidiano. Já parou pra pensar como é para uma mulher transitar entre essas personas em nossa sociedade? Histórias rápidas, contadas com imagens e poucas palavras, assim é apresentado o artbook Personas Femininas. Mulheres fortes de diferentes idades, habitam um espaço psicológico e carregam a missão de personificar as palavras que parecem defini-las em determinados momentos de suas vidas. Apesar desta árdua luta, acabam sempre em transformação.

SOBRE O PROJETO PERSONAS FEMININAS

“A ideia deste projeto, antes mesmo de ter formato de livro, surgiu em 2016 em uma etapa bastante difícil de minha vida; uma gravidez de risco em que as chances do bebê sobreviver eram muitos baixas e posteriormente o luto de perder um filho. Foi o momento de questionar e pensar que entre “mulher”, “mãe” (tenho um filho de 8 anos), “companheira”, “amante”, “profissional”, “filha” e “amiga”, era preciso me desdobrar, buscar sentimentos, soluções e satisfações em situações muito frágeis (ou limítrofes). Esse momento me aproximou de muitas outras mulheres passando por diferentes histórias e é nelas que este livro está baseado.”

Conheça o livro:

Apesar de compartilharem de sentimentos próximos, as personagens mudam, dando assim o aspecto de generalização, de algo que a qualquer uma pode acontecer ao mesmo tempo que é profundo, impactando individualmente, sendo prazeroso ou doloroso.

A CAUSA SOCIAL

Depois de ter vivenciado acompanhar meu recém-nascido na UTI, conheci mães que acompanham seus filhos durante meses no hospital, são mulheres de baixa renda, que muitas vezes viajam toda semana e ficam direto no hospital. Direto é direto mesmo, elas precisam amamentar seus filhos e estar ali cuidando deles. E é uma situação muito difícil, você acabou de passar por um “boom” hormonal, mudanças no seu corpo, na sua auto-estima, na sua rotina, por um parto,e tem que estar ali tensa, com seu bebê correndo risco e um monte de aparelhos apitando! Pensei então que algo que me ajudou muito no momento de tensão e depois , no luto, foi o bordado livre. A proposta da causa social do projeto é conseguir comprar materiais de bordado e ministrar oficinas para mulheres gestantes e puérperas (mulheres com bebês de até 3 meses) em situação de risco, uti e/ou baixa renda. Caso ultrapassarmos as metas, a proposta é expandir as oficinas também a meninas adolescentes de baixa renda.

Contribua com o projeto personas femininas nesse link: https://www.catarse.me/personas_femininas

Antenada no mundo da beleza, compartilhamos aqui o melhor desse universo.